Fortaleza-CE

IMPLANTAÇÃO DO EMM-BRASIL EM FORTALEZA
 
Dois sacerdotes colombianos estavam de férias em Salvador/Ba em janeiro de  1999, e durante os passeios para conhecerem a cidade de Salvador, Luiz e Fernanda, a época casal expansão da Diocese de Salvador, falavam para eles do então Encontro do Diálogo. Um deles, Pe. Jesus, havia chegado à Fortaleza recentemente, acabava de assumir a Capela Menino Deus de responsabilidade dos sacerdotes Eudistas.
 
Pe. Jesus gostou do carisma do movimento, e com entusiasmo trouxe a  proposta para Fortaleza. Aqui chegando e em março de 1999, convidou um grupo de 05 casais: Duílio e Cristina, Eriberto e Stela, Nogueira e Socorro, Ribamar e Márcia, Tupinambá e Gláucia, que juntamente com ele, formaria o núcleo para a implantação do movimento em Fortaleza.
Os cinco casais e o Pe. Jesus se reunião na Capela Menino Deus para planejar a implantação do Encontro do Diálogo.
Na segunda reunião do núcleo, Pe. Jesus fez uma ligação para o casal Luiz e Fernanda para obter maiores esclarecimentos sobre o movimento do Encontro do Diálogo. Neste diálogo não se entendiam bem pois o Pe. Jesus falava Portunhol e a Fernanda em Português, então passou o telefone para o Eriberto que ouviu atentamente as orientações sobre a implantação do movimento, que em seguida repassou para o grupo. Fernanda pediu que um casal juntamente com o Pe. Jesus fossem até Salvador viver a experiência do Fim de Semana para dar início a implantação do Movimento. Ficou combinado o mês de maio para que Pe. Jesus, Eriberto e Stela fossem até Salvador participarem do Fim de Semana. Nas reuniões seguintes do Núcleo, considerando que o FDS em Salvador foi adiado, ficou acertado que o casal Luiz e Fernanda viria a Fortaleza fazer uma visita ao Arcebispo – D. José Aparecido Tosi para pedir autorização para implantação do Movimento em Fortaleza, ocasião em que conheceria os casais do núcleo.
O casal Eriberto e Stela ficou responsável em conseguir esta reunião, que aconteceu no mês de junho, estando presentes os casais Luiz e Fernanda, Eriberto e Stela e Pe. Jesus. A reunião foi considerada muito boa, tendo em vista que o nosso arcebispo já conhecia o então Encontro do Diálogo quando foi Bispo auxiliar na Arquidiocese de Salvador. Neste encontro foi aprovado a implantação do Movimento em Fortaleza, ao mesmo tempo que foi marcado um jantar do núcleo com a presença do Arcebispo – D. José Aparecido Tosi.
Em reuniões posteriores, o casal Eriberto e Stela foi designado pelo Pe. Jesus como casal contato da Expansão Fortaleza. Acertado também que o 1º FDS ficaria marcado para o mês de julho de 1999. Em um dos contatos do núcleo com o casal Luís e Fernanda, esta solicitou que se encontrasse um local para realização do 1º Fim de Semana de Fortaleza. Todos ficaram animados e o casal Nogueira e Socorro e Eriberto e Stela programaram ir no sábado seguinte ao Pecém para conhecerem uma casa de retiro lá existente. Lá chegando ficaram bastante satisfeitos pois a casa de retiro era em frente ao mar.
Na reunião seguinte do núcleo, Eriberto ligou para Fernanda para dar detalhes do local onde possivelmente poderia ser realizado do 1º FDS.
Situação cômica - começou dizendo que o local era maravilhoso, pois era defronte ao mar, com uma capela muito bonita, um salão de reunião e dois salões enormes, um para as mulheres e outro para os homens, além de um refeitório muito bom. “Fernanda deu uma bela gargalhada e falou: homem de Deus pode arranjar outro local! O Encontro é para o casal dormir juntos, cada casal em seu apartamento”. E assim tivemos que procurar outras casas de retiro.
Ficou acertado que os casais do núcleo ficaria com a responsabilidade das inscrições e conseguir 5 casais para participarem do Fim de Semana.
Por indicação do Pe. Jesus conseguimos o seminário Regional de Teologia São José. O casal Eriberto Stela, ficou responsável pela estrutura junto  ao Seminário para a realização do Fim de Semana.
Para a felicidade de todos o 1º Fim de semana foi realizado nos dias 23,24,25 de Julho de 1999, no Seminário Regional, onde compareceram 25 casais e  concluíram 22 casais e 01 sacerdote.
A equipe foi composta pelos casais Luiz/Fernanda, Jorge/Fátima e Pe. Andrés, todos de Salvador. Após o Encontro foi formada duas comunidades, sendo uma de responsabilidade do casal Nogueira/Socorro e Ribamar/Marcia e outra pelos casais Duílio/Cristina e Eriberto/Stela.
No mês de outubro de 1999, Pe. Jesus juntamente com os casais César/ Conceição, Duílio/Cristina, Eriberto/Stela, Luciano/Vânia, Nogueira/Socorro e Ribamar/Márcia participaram do Fim de Semana Profundo em Salvador/Bahia.
Ao longo dos anos de 2000, 2001 e 2002 os casais Duílio e Cristina, Eriberto e Stela, Luciano e Vania e o Pe. Jesus concluíram a escrita dos três blocos de palestras.
Pe. Jesus e o casal contato da Expansão Fortaleza Eriberto/Stela, ficaram a frente do movimento  até agosto de 2001.
Em setembro/2001 a Expansão Fortaleza passou a Diocese de contato sendo indicado Pe. Jesus eLuciano e Vânia para ficarem a frente do Movimento. No final de 2002 a Diocese de Contato de Fortaleza passou a Diocese Estabelecida, tendo sido escolhida como Equipe Eclesial Diocesana o casal  Luciano/Vânia e Pe. Jesus que posteriormente com sua saída assumiu Pe. Virgínio.
Em abril de 2006, Pe. Virgínio, Eriberto e Stela formaram a Equipe Eclesial Diocesana. No início de 2008 com a saída do Pe. Virgínio que foi assumir o cargo de vigário geral na Arquidiocese de Fortaleza,  ficou em seu lugar Frei Cícero.
Em julho de 2009, Frei Gilberto, Cláudio e Fátima foram escolhidos como novo casal Diocesano.
Em 2012 o casal Antonio e Silvana assumiu a Diocese com o Frei Ademir e posteriormente com o Frei Pedro.
E assim temos um pequeno histórico da implantação da Diocese de Fortaleza no período de março de 1999 até os dias hoje.
Jantar de comemoração da Implantação do Encontro do Diálogo em Fortaleza.

 

Pe. Jesus, Eriberto/Stela, Dom José Aparecido Tosi