Londrina-PR

História

A história de Londrina se deu início, em novembro de 1975, quando padre Jack, de Ponta Grossa, o casal Angel e Conchita, do México, o casal Acácio e Welma, de Belo Horizonte, e o casal Aléxis e Beatriz, de New Jersey – USA, foram como equipe, ministrar um FDS em Londrina. O primeiro FDS de Londrina, e o quarto do Brasil, apoiado pelo Movimento Familiar Cristão.
Após esta experiência, seguiram-se mais quatro FDS, sendo o quinto em outubro de 1977. Infelizmente não houve sucesso na tentativa, e o movimento, em Londrina, sofreu uma paralisação, até que em 1990, Frei Daniel e o casal Rodolfo e Eli Pachenda, de Curitiba, aceitaram a missão a eles confiada pela Equipe Eclesial Nacional (Padre Franco, Diego e Cláudia) de expandir o Encontro do Diálogo para Londrina.
Durante o período compreendido entre a paralisação das atividades do Movimento em Londrina, em 1977, e a sua retomada, em 1990, vinte e nove casais foram encaminhados para participar de FDS em Ponta Grossa e em Curitiba. Também nesse período o casal Benedito e Regina, mudou-se para Londrina, vindo de Ponta Grossa, onde se integrou aos grupos existentes em Londrina como “casal Equipe”. Este casal coordenou esses dois grupos até que novamente transferiu-se para Ponta Grossa.
Em maio de 1991, o casal Zé e Arialda, vindo de Curitiba, chega a Londrina já como casal Equipe. Como já existiam oito casais ativos, foram formados dois grupos de pós-encontro, ficando um grupo com o casal Zé e Arialda, e outro com o casal Renato e Sandra, ambos “casais-apoio”, apesar do casal Renata e Sandra não ser casal Equipe, só haver feito o Profundo.
Ainda em julho de 1991, realizou-se a primeira reunião geral, que se tornou mensal, denominada “Noite do meu amor”, preparada pelo casal Zé e Arialda.
Desde a mudança do casal Benedito e Regina para Ponta Grossa o grupo em Londrina estava sendo “atendido” pelo casal Renato e Sandra, até que, em 25 de outubro de 1991 aconteceu um mini processo de escolha para a substituição do “casal coordenador”, tendo sido eleito o casal Zé e Arialda.
Em 1992 – 21 a 23 de fevereiro – o Padre Joaquim, faz o FDS Profundo em Belo Horizonte.
A 16 de junho – passados 17 anos do primeiro FDS de Londrina, foi feito ao arcebispo de Londrina, D. Albano Cavallin, o pedido para que voltassem a ser realizados, em Londrina, os FDS do Diálogo. É dada a autorização acrescida da frase: “Vocês estão me trazendo um presente de Natal antecipado!” Assim, de 31 de julho a 02 de agosto, realiza-se o primeiro FDS e nele trabalham: o Padre Joaquim, os casais: Rodolfo e Eli, Zé e Arialda e Marcos e Graça.
Em janeiro de 1993 – perda irreparável de um membro da expansão do Encontro do Diálogo em Londrina: morre o Frei Hermelindo, membro do primeiro FDS de Londrina que caminhava com grande entusiasmo.
Em 02 de março de 1993 acontece um mini processo de escolha, onde o casal Marcos e Graça são eleitos casal coordenador.
Em janeiro de 1993 – segunda grande perda da expansão Londrina: Padre Joaquim pede sua dispensa do sacerdócio.
Em inícios de 1995, Zé e Arialda retornam à coordenação em Londrina.
A 17 de maio de 1998, durante a realização do FDSR (Fim de Semana Renovado) a nível nacional, em Belo Horizonte, foi homologada oficialmente pela Equipe Eclesial Nacional – Padre Pedro e o casal Paulo e Graça – e com a anuência das equipes eclesiais de todas as dioceses do Brasil, a criação da Diocese de Londrina. Lá se encontravam presentes os casais Zé e Arialda, Nena e Ana e Amauri e Bel. O “slogan” escolhido foi: “Regional Londrina – Nascida do Amor”.
A primeira Equipe Eclesial de Londrina nomeada naquele momento foi formada pelo Frei Benedito e pelo casal Zé e Arialda; ficando o Pré-encontro com Amauri e Bel e o Pós-encontro com Nena e Ana; a comunicação com Ézio e Sonia, acumulando as funções da tesouraria, e o casal Chico e Clara com o jornal; o casal Dinho e Maria ficou com a secretaria.

Formação Guiar através do Relacionamento
As 5 Linguagens do Amor